Menu fechado

Complementos de ‘1917: Uma revolução confiscada’

Capa do livro 1917: Uma revolução confiscada, de Vito LetiziaAo preparar as entrevistas que deram origem ao livro 1917: Uma Revolução Confiscada, Vito Letizia organizou dois roteiros históricos para usar como guias de sua narrativa. O projeto inicial do livro, lançado em 25 de outubro, previa a inclusão dessas cronologias e de um anexo, também resultado das entrevistas, sobre o papel essencial da Igreja Ortodoxa e da religião na formação da identidade russa (Do “canato” de Moscou até a Revolução de Outubro: identidade religiosa, identidade nacional). Posteriormente, decidiu-se não publicá-los com o livro, mas colocá-los à disposição do leitor no site de Cemap-Interludium.

O primeiro roteiro tinha como foco a formação do Estado russo, desde o século 6, com a ocupação pelos eslavos das estepes que se estendem do leste europeu à Sibéria, até as vésperas dos acontecimentos revolucionários de 1917. O segundo se concentrou na Revolução de 1917 e terminou em 1921, com a repressão à revolta de Kronstadt, que Vito Letizia aponta como o fim do processo revolucionário russo. Como costuma acontecer em projetos tão amplos, nas entrevistas Vito foi muito além desses roteiros. Os editores os estenderam para cobrir todo o período abordado nas discussões e para completar, ainda que de forma breve, a história da União Soviética até sua dissolução. As várias anotações de Vito a respeito dos pontos que considerava muito relevantes foram mantidas e estão destacadas em texto recuado.

As cronologias e o texto Do “canato” de Moscou até a Revolução de Outubro: identidade religiosa, identidade nacional podem ser acessados nos links abaixo. Leia online, aqui no site, ou baixe os arquivos em formato PDF e boa leitura!

Do “canato” de Moscou até a Revolução de Outubro

O Caráter do Estado Grão-Russo Link para crono1 Link para pdf crono1

O processo revolucionário russo Link para crono2 Link para crono2

 

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *