Menu fechado

Campanha Lula Livre

Campanha Lula Livre 1Todo apoio aos comitês Lula Livre

No sábado, o Encontro Nacional Lula Livre definiu a nova etapa da campanha pela libertação do ex-presidente. Entre as principais decisões estão o reforço e ampliação dos Comitês Lula Livre, a participação nos atos do Dia Nacional de Luta em Defesa da Previdência, nesta sexta-feira, e a organização de uma jornada de luta de 7 a 10 de abril, para marcar o aniversário de um ano da prisão de Lula. No dia 20, saiu o primeiro boletim da campanha Lula Livre. Cemap-Interludium dá todo o apoio aos Comitês Lula Livre e à campanha pela libertação do ex-presidente.
Da mesma forma, consideramos essencial a luta contra a reforma da Previdência e a campanha pelo esclarecimento do assassinato da vereadora Marielle Francoe seu motorista, Anderson Gomes, há um ano, e a punição dos mandantes do crime. “Defendemos Lula como defenderíamos qualquer outro preso condenado sem provas, por um juiz parcial”, afirmou Lúcia Pinheiro, presidente de Cemap-Interludium. “Defender Lula é defender a democracia, os direitos humanos, é reagir contra o retrocesso de décadas que estamos vivendo agora no país. Se não tiver mobilização o país só vai retroceder.”

Defesa da aposentadoria

A mobilização contra a reforma da Previdência proposta pelo governo está sendo organizada de forma unitária pelas centrais sindicais e pelos movimentos sindicais. A primeira atividade será a mobilização do Dia Nacional de Luta em Defesa da Previdência, com a convocação de atos públicos em todo o país. Aqui você pode ver os locais e horários das manifestações nas várias cidades.

Decisões do encontro

Gleisi comitês lula LivreO principal objetivo do encontro foi ampliar a unidade em torno da defesa de Lula e reorganizar as estratégias de mobilização dos comitês populares espalhados pelo país. Assim, o encontro teve a participação de vários partidos além do PT, como o PSOL, o PC do B e o PCO, e de organizações sindicais e de movimentos sociais, como o MST, a CUT, e a Frente Brasil Popular.

Em termos de organização, em dezembro o PT já divulgara um “roteiro básico” para os interessados em formar comitês. O encontro estabeleceu metas básicas como impulsionar a criação de comitês, inclusive digitais, e divulgar a campanha financeira. Também definiu os materiais da campanha, que incluem vídeos, cartazes (digitais e físicos), camisetas, bonés, etc. Um boletim será publicado semanalmente com as novidades, que também serão divulgadas nos sites do PT, das frentes e entidades que integram o Comitê Nacional.

As bandeiras do movimento também foram ajustadas, para indicar sua ampliação. Além da luta pela libertação de Lula, a agenda conjunta terá como focos a defesa da reforma da Previdência, a articulação contra os desmandos do atual governo e o acompanhamento da investigação do assassinato da vereadora Marielle Franco.

Jornada Lula livre cartaz

Jornada Lula Livre

O primeiro momento da mobilização terá como ponto alto uma grande mobilização em todo o país no dia 7 de abril, data em que se completa um ano da prisão política do ex-presidente. A Jornada Lula Livre vai se estender até 10 de abril. Boletim Lula Livre CuritibaNo encontro nacional de sábado foi decidido que os comitês locais se encarregarão de organizar atividades próprias para a jornada, como manifestações, aulas públicas, debates e mesmo festivais culturais.

Em Curitiba, a Jornada acontecerá em torno da Vigília Lula Livre, em frente à sede da Polícia Federal, onde o ex-presidente está preso. A expectativa é que a Vigília receba centenas de militantes de todo o país, além de lideranças de movimentos sociais e sindicais.

Lula Livre SPEm São Paulo, uma primeira reunião de todos os grupos está marcada para sábado, dia 23, a partir das 14 horas, na rua Estevão Lopes, 206, perto do metrô Butantã.

Mais informações sobre o encontro e a Jornada Lula Livre você encontra nestes links:

Ativistas de todo o Brasil relançam campanha pela liberdade de Lula

Jornada Lula Livre acontece em todo o país no próximo dia 7 de abril

Boletim 392 do Comitê Popular em Defesa de Lula e da democracia


Primeiro vídeo

O jornal digital Brasil 247 divulgou o primeiro vídeo da campanha:

Você pode se interessar por: