Menu fechado

Movimentos de Cultura de São Paulo

Frente Estadual chama reunião para discutir ação unificada

Frente Estadual da Cultura chama reunião A Frente Estadual de Cultura SP (FEC-SP) está convocando os trabalhadores da área da cultura e os movimentos organizados para uma reunião na quinta-feira, dia 11, para discutir como enfrentar os ataques e o processo de desmonte do setor protagonizados pelo governo João Doria (PSDB). O objetivo da frente é duplo: de um lado, organizar o setor para deixar de simplesmente reagir a cada ataque individual, e começar a definir pautas para a construção de políticas culturais estruturantes para o Estado. A reunião está marcada para as 18 horas, na Assembleia Legislativa de São Paulo.

Nossa união é urgente!

Não podemos continuar sendo pautados pelas urgências!

Os trabalhadores da cultura tem que pautar o Estado!

O manifesto de convocação da Frente Estadual de Cultura:

Qual política cultural queremos para o estado de São Paulo?
Contra o desmonte e pela construção de uma política cultural estruturante e com diversidade.

Como previsto, João Doria começou sua gestão no governo do estado de SP atacando o setor cultural assim como havia feito na prefeitura em 2017. Em apenas três meses foram tantos ataques a pautas diferentes da cultura que é importante organizarmos as pautas e as lutas para caminharmos juntos e fortalecidos.

Para isso, a Frente Estadual de Cultura SP – FEC SP, organizada desde 2015 para lutar contra os desmontes e pela construção de políticas estruturantes para o estado, convoca os trabalhadores da cultura e os movimentos organizados do setor para uma reunião no dia 11 de abril a partir das 18h na Alesp no Plenário Teotônio Vilela.

Nossa união é urgente!

Não podemos continuar sendo pautados pelas urgências!

Os trabalhadores da cultura tem que pautar o Estado!

Contra cortes na Cultura– Lutamos contra os desmontes no Proac Editais (editais cortados: Cultura negra, Cultura indígena, Hip Hop, manifestações culturais LGBT, Territórios Culturais, Saraus, música alternativa, primeiras obras, artes integradas, aprimoramento técnico-artístico , música instrumental, etc)!
– Contra o encerramento do edital Proac Municípios!
– Contra os cortes no orçamento, contra o fechamento de equipamentos e contra as demissões dos trabalhadores!
– Pela implantação do Sistema e do Plano Estadual de Cultura!
– Pela eleição democrática do Conselho Estadual de Política Cultural.
– Pelo pagamento imediato aos contemplados no edital dos Pontos de Cultura.
– Pela melhor distribuição dos recursos ao interior do estado e aos que mais precisam de apoio!
– Por políticas estruturantes e pela diversidade cultural!
– Pela construção dessas políticas dentro da LDO, PPA e LOA 2020!
– Pela união dos movimentos dos trabalhadores e trabalhadoras da cultura do estado de SP!

Ajudem a divulgar! Convidem seus amigos pelo evento!

Reunião dos Movimentos da Cultura de SP:
Local: Assembleia Legislativa de São Paulo
Auditório Teotônio Vilela
Av. Pedro Álvares Cabral, 201 – Em frente ao Parque do Ibirapuera
Horário: 18h

Frente Estadual de Cultura SPA Frente Estadual de Cultura foi criada em 2015, com o objetivo de articular e mobilizar os diversos fóruns, redes, entidades e movimentos sociais de culturas e artes com atuação no Estado de São Paulo, assim como discutir e propor políticas culturais. Entre seus integrantes originais estavam o Fórum para as Culturas Populares e Tradicionais, o Fórum Estadual Permanente dos Pontos de Cultura, o Fórum Litoral, Interior e Grande São Paulo – Artes da Cena e Políticas Culturais, a Cooperativa Paulista de Teatro, a Cooperativa Paulista de Teatro – Interior/Campinas, a Cooperativa de Música, a Cooperativa Brasileira de Circo, a Cooperativa Paulista de Dança, a Associação Brasileira do Circo, a P10 – Música e a Motin – Teatro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *