Menu fechado

Nós de Interludium reunimos alguns textos, vídeos e fotos sobre a atual situação política na Turquia. Os protestos no país começaram em oposição aos planos do governo de Erdogan de destruir o Parque Gezi, uma das poucas áreas verdes no centro de Istambul, e construir um shopping center no local. Os manifestantes ocuparam a praça Taksim, onde fica o parque, mas foram reprimidos violentamente pela polícia, com gás lacrimogêneo e canhões de água. A violência da ação policial acabou tendo o efeito contrário ao desejado: ela funcionou como um estopim para que o movimento se espalhasse para Ancara e outras cidades, ganhasse enormes proporções, engajando centenas de milhares de pessoas, e assumisse uma pauta mais abrangente, de protesto contra o governo de Erdogan e seu Partido Justiça e Desenvolvimento

Acompanhe o movimento na Turquia:


Fotos dos protestos.

 

The Economist: Ressentimento contra Erdogan explode.

 

Turquia: Impressões do movimento de protesto em Ankara – Por Chilli Sauce.

Da Praça Taksim para onde? – pergunta alguém no local – Por Orhan Esen.

As esperanças turcas de um novo começo – Por John McSweeney.

 

Primeiro-ministro da Turquia minimiza protestos e diz que democracia se faz nas urnas.

Governador de Istambul pede “perdão de coração” por violência policial.

 

Vídeos da RTP, Rádio e Televisão de Portugal.

Tayyip Erdogan avisa manifestantes turcos que a paciência tem limites.

Erdogan endurece discurso e diz que “há um limite para a nossa paciência”.

PM turco deixou “último aviso” aos manifestantes para terminarem a ocupação da Praça Taksim em Istambul.

Primeiro-ministro turco intimou manifestantes a deixar o parque Guezi até amanhã.

 

Você pode se interessar por:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.