Menu fechado

As implicações da terceirização

Cemap-Interludium vai promover no dia 6 de agosto um debate sobre o projeto de lei 4330, que regulamenta o trabalho terceirizado no Brasil, e suas implicações para os trabalhadores. Para fazer essa discussão, convidamos Ricardo Antunes, professor de Sociologia do Trabalho da Unicamp, e Júlio Turra, dirigente da Executiva da Central Única dos Trabalhadores (CUT).

Os defensores do projeto de lei alegam que, finalmente, milhões de trabalhadores que hoje se encontram na informalidade terão, pela primeira vez, os seus direitos garantidos. Afirmam que não apenas o PL mantém intacta a estrutura da CLT, como estende as garantias trabalhistas aos que hoje não contam com garantia alguma.

Em oposição a esses argumentos, os críticos do PL afirmam que a terceirização significa, na prática, a abolição das garantias mais básicas historicamente conquistadas pelos trabalhadores brasileiros, incluindo o piso salarial e outros direitos associados ao contrato de trabalho por tempo indeterminado.

O professor Ricardo Antunes é um dos maiores especialistas em temas referentes ao mundo do trabalho, nacional e internacionalmente reconhecido por suas análises críticas.

O debate está marcado para o dia 6 de agosto, às 17:30 horas, no Salão Azul do Sindicato dos Bancários de São Paulo, na Rua São Bento, 413, no centro de São Paulo.

Você pode se interessar por:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.