Menu fechado

Debate: 120 anos de Mário Pedrosa

Mário Pedrosa 1959Cemap-Interludium e o Centro de Documentação e Memória (Cedem) da Unesp promovem no dia 20 de agosto uma conversa online sobre o legado de Mário Pedrosa (1900-1981). O debate “120 anos de Mário Pedrosa: um militante entre a arte e a política” começa às 16 horas e terá transmissão ao vivo pela página do Cedem no Facebook.

Projeto “Mario Pedrosa, 120 anos” em andamento

O projeto “Mário Pedrosa 120 anos”, que visa modernizar a preservação e a difusão digital do acervo do Centro de Documentação do Movimento Operário Mário Pedrosa (Cemap), prossegue firme, apesar das dificuldades provocadas pela pandemia. CEMAP-Interludium vai lançar um website, minidocs e exposições iconográficas sobre o legado e a atualidade do crítico de arte e militante Mário Pedrosa.

O projeto já expõe sua identidade visual sólida, mesclando tipologias de estilos vintage e contemporâneo para remeter aos elementos cronológicos da história. E conta com uma bela organização estética de elementos como flor, folha e caule, resultando em um estilo “marca viva” ou openbrands.

Projeto “Mário Pedrosa, 120 anos”

CEMAP-Interludium foi um dos vencedores do edital “Modernização de Museus, Arquivos e Acervos” (Proac 13/2019) da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo. Nosso projeto tem como objetivo modernizar a preservação e a difusão digital do acervo do Centro de Documentação do Movimento Operário Mário Pedrosa (Cemap), com uma homenagem pelo 120º aniversário do grande crítico de arte e militante Mário Pedrosa, que será em abril.

Vamos lançar um portal sobre a vida, a obra e a atualidade de Pedrosa, que incluirá cinco vídeos educativos curtos, além de promover uma série de atividades complementares, como debates e uma exposição. O portal será voltado especialmente a professores e estudantes de todos os níveis, pesquisadores e estudiosos dos temas abrangidos, mas será acessível a todos os interessados de forma pública e gratuita.

Projeto Memória de uma Imprensa Alternativa entra na fase de execução

O projeto Memória de uma Imprensa Alternativa já começou a fase de execução, com o preparo preliminar para a digitalização das coleções dos jornais Movimento, Opinião e Versus, que integram o acervo do Centro de Documentação do Movimento Operário Mário Pedrosa (Cemap). Disponibilizar o acesso às edições desses três importantes veículos alternativos de resistência democrática que circularam durante o período da ditadura “infelizmente ganha ainda mais relevância nos dias de hoje”, avalia a diretora-geral de Cemap-Interludium, Lúcia Pinheiro. “Com a tragédia do momento político que estamos vivendo, sob uma mal disfarçada ditadura, não necessariamente a imprensa alternativa, mas sim a imprensa independente se impõe.”

Venezuela em foco – vídeos

Palestra Laurinha VenezuelaA conversa com Laura Capriglione na PUC

Para quem perdeu, a palestra da jornalista Laura Capriglione (Jornalistas Livres) sobre a situação política da Venezuela, no dia 21 na PUC, foi transmitida ao vivo pelas páginas do Facebook da Apropuc e dos Jornalistas Livres. Vocês podem conferir a conversa nos links abaixo.

Logo da Apropuc

Logo Jornalistas Livres

 

Venezuela em foco

Laura-Capriglione-VenezuelaO que está de fato acontecendo na Venezuela?

A jornalista Laura Capriglione (Jornalistas Livres) acaba de voltar da Venezuela, onde pôde acompanhar os acontecimentos e testemunhar diretamente o desenvolvimento da situação política. Ela produziu vários pequenos documentários, publicados no Youtube, em que mostra que a Venezuela é muito diferente daquilo que aparece na grande imprensa nacional e internacional.

De volta a São Paulo, Laura topou compartilhar aquilo que viu, ouviu e sentiu. A conversa, aberta a todo mundo, está marcada para dia 21, às 19 horas, no auditório 117-A da PUC. Aproveitem a chance e compareçam!

A palestra/debate é uma promoção conjunta de Cemap-Interludium, Jornalistas Livres e Associação dos Professores da PUC-SP (Apropuc). O endereço: rua Monte Alegre, 984, em Perdizes. Também se pode chegar ao auditório 117-A pela rua paralela, a Ministro Godói!

Até lá, não deixem de ver os vídeos feitos por Laura na Venezuela.

Memória de uma imprensa alternativa

Jornais alternativos

Vamos digitalizar os jornais Movimento, Opinião e Versus!

O Cemap-Interludium começa 2019 comemorando: vai fazer este ano a digitalização dos jornais Movimento, Opinião e Versus, três importantes veículos alternativos de resistência democrática que circularam durante o período da ditadura. Nosso projeto Memória de uma Imprensa Alternativa, que prevê a digitalização e a divulgação dessas coleções, que integram o acervo do Centro de Documentação do Movimento Operário Mário Pedrosa (Cemap), foi um dos dez selecionados pela Secretaria de Cultura da Prefeitura de São Paulo para receber recursos do Edital de Apoio à Digitalização de Acervos.

Movimento, Opinião e Versus não eram porta-vozes de grupos sindicais ou revolucionários, mas jornais que surgiram durante o período da ditadura no Brasil como alternativa à grande imprensa, muito mais suscetível à censura e outras formas de controle. Eles ocuparam em boa parte o vácuo deixado pelos jornais de esquerda, que foram postos na ilegalidade e praticamente deixaram de existir.

Leia mais